13 mar 2015
Viagem

A história por trás da foto. De novo.

A ideia era fotografar Paris da parte mais alta da cidade, das escadarias da Sacré-Couer. Mas o que não foi previsto: frio, muito, muito, muito frio e pombos. Muitos pombos.

— Fica aí, nina, gostei. Vamo fazer uma foto. Olha pra cá..

— Ainnnnn, pera que tem pombo, vindo, anjo… E tu sabe… Urubu já cagou em minha cabeça, pombo já cagou em minha cabeça, tô cansada de aves cagando na minha cabe…

— Anda, nina, olha..

— Ainnn homi, pera, tem pombo vindooo, ainnnnnnnn… Ô nenenzi, gôdinho lindo, passa direto, vai, num mira em mim não…

CLICK!

23

Birra infantil:

— Ooo minha vida, que coisa pôdi isso, ó pra minha cara! Ô, jezuizz, quanto será que custa um botox? Tipo, uma botocada só aqui desse lado, hein… — E há uma reflexão séria.

— Poxa nina! Já disse, olha pra cá logo, vai!

— Vissi que blableza… Assim eu gamo, mãezi, ownnn….

CLICK!

24

— Ôô podiura do mundo todo, gentchyyy…

— Tá nada, bora fazer outra aqui, em frente à igreja…

— Ahh, achei essa igreja chata anjo, ó pra isso? Um bando de americano nessas caravana cantando musiquinha de escoteiro.. Ah, oxe, eu não, quero tirar foto com esse povo atrás, não…

— É rapidinho, nina, fica aí…

— Mas tá frio, mell delss, num quéé..

— Anda, fica aí…

O vento, impiedoso, começa a mostrar a sua força. Além de forte, gelado. Muito gelado.

— Ainnnn, minha vida, dá não, que trem geladoooooooooo, misericórdia, Deus! Tô aqui na igreja, nem piedade temmm…..

CLICK!

17

— Anda nina, fica quieta…

— Ainnnnnn que sofrência pra uma fotooooooooo, que frioooooo, jezuizzzz, faz isso nãooooo….Tu num sente porque tu é peludoooooo, Róóó…..

CLICK!

18

— Uuu, que podridão.. Se eu sair de novo com a mão na cabeça, juro que já vou sair arrochando pra esquentar, sério… Pera, anjo, tá friooooooooooooooooooo…

E frio, mais frio. A um horas dessas não havia mais controle emocional e uma linguagem compreensível. A boca não abria. Apenas a língua do “i”:

— Pili imir di Diisssssssssssss, injiiii! Qui pirriiiii di frii í issiiiiii, qui mirdiiiiiii, quii ciiiiiii…

CLICK!

IMG_3092

— Para..ai, num quero mai.. ai, tá muito fr..ai, o vento rasg.. ai, coisinho… ai..to faland..ai…séri…tô brincan…ai.. não…

CLICK!

IMG_3093

— Tá tudo doendo já, Róóó! — A narradora mostra sérios indícios da sua hipocondria— Meu olho dói, minha nariga, meu dente dói, minha gengiva, meus cílios, minha cara toda dói! Se eu adoecer como é que vai falar pro médico que eu tenho sinusite, hanw??? Como diz si-nu-si-te em franc….

Corte rápido tramontina:

— Vamo fazer outra aqui. Acho que vai ficar boa sem nada no fundo, bem minimalista. Fica aí..

— Ahhhh Róóó, agora o vento tá vindo de trás.. Se congelar meu “derriê” a culpa é tua — Risada infantil e descarada — hehehehe..

— Fica quieta…

— Uai, pera, tá ventando, tô comendo cabelo, tô sentindo o gosto do oléo de arg….

CLICK!

22

— Oooo gentchyy! Ó pra isso, Róó!? Saí com cara de sofrência!  Tô morrendo, é? Bem mole, tipo “Óó mon Dieu, me dá um pão, se não eu morro..poft” Ahh, gostei não…

— Adorei esse fundo assim! Tá lindo! — o fotógrafo mostra todo seu senso estético apurado — Vamo fazer a última, virada pra lá, com a cidade de fundo…

— Ahhhh, Rugeru, quéta, bora pra casa, bicho…

Birra infantil.

— A última, nina, fica aí…

Aparece uma senhorinha oriental e fica entre o fotógrafo e a narradora. Encarando a narradora de forma séria e desconfortante. Parecia lhe enxergar sem roupa. O que seria trágico. Por minutos a fio. A senhorinha não entendia que ela estava atrapalhando, literalmente, furando a foto. Sorriso controlado pra não virar gargalhada e fala em código a seguir:

— Rsrsrs…é..rsrsrs..humm…. rsrsrs…anzu…rsrsr…acho que tem alguma coisa na frente da lente, hein rsrsrsr…

— Psiu, fica quieta rsrsrs, deixa ela sair rsrsrsrs — E o fotógrafo na mesma posição — Se eu chegar só um pouquinho pra cá…

— Anjo..rsrsrsrs…tô segurando pra não ri…srsrsrs…na cara dela…..rsrrsrsrs…tô conseguindo não..rsrrsrs…sério…rsrsrsrs….Ain..rsrsrs xô respirar rsrrs…

CLICK!

IMG_3097

— Rsrsrsrsrrs ainn que pôdi…rsrsrs… mas bicho rsrsrs, será que ela não se toca…rsrsrsrs…

— Fica quieta srsrsrs, ela vai ouvir rsrsrsrs…

— Graças a Deus que ela vai ouvir rsrsrsrs, ela não pode é entender rsrsrsrsr.. Ainn… tô fingindo que num tô vendo rsrsrsrsrs….Ainn jezuizzz rsrsrs, prender risada é pior que prender bufinha rsrsrs, sério rsrsrsrsrsrsrs…

— Rsrsrsrsrsrsrsrsr ninaaa rsrsrsrs qué isso rsrsrsrs, pera, eu indo mais pra direita dá pra fazer rsrrsrsrsrs…

CLICK!

20

— É rsrsrs…anjo… ela num tá saindo não…rsrsrrsrsrss, ela continua olhando pra mim rsrsrsrs, vou empurrar, bicho, sério rsrsrs já tô com medo rsrsrs…Se tu vir alguma coisa rolando escada abaixo rsrsrsrs…é ela…rsrsrs…eu empurrei rsrsrsrs… Já fiz isso com minha prima, meu primo, minha irmã quando era pequena, tu sabe…rsrsrsrs… Sou uma chuck boneca assassina rsrsrsrsrs……

— Psiu rsrsrsrs, fica quieta nina…rsrsrsrs, ele deve ter algum problema… rsrsrsrs…

A senhorinha dá um passo e vai embora como se nunca tivesse interrompido foto nenhuma minutos a fio.

— HAHAHAHAHAHHA que medo, Róóóó! HAHAHAHAH que mulher, bicho! Ela queria me pegar!! HAHAHA..

CLICK!

21

 

— Hahahahah nina, acho que ela devia pensar que louca era tu, menina véa….

— Hahahahha… — Cri, cri, cri… — Eita…. será???

FIN.

 


8 respostas para “A história por trás da foto. De novo.”

  1. Ticiane disse:

    Lindas fotos!!!! Maridão arrasa!

  2. Maíra Pinto disse:

    Gostei de descer a escadinha lateral, com aquelas luminárias/postes de ferro, tudo antiguinho e bonitinho. Nunca vou esquecer que vi frutas penduradas nas janelas dos apês no inverno, eles nem precisam pôr na geladeira, fazia 1 grau! Você já foi no Museu do Chocolate? Fica ai pertinho!

    • Eva Mota disse:

      Ééé mesmo, Maíra! Eu vi mesmo fruta pendurada! Achei interessante e tão cara de vila, sabe? Também peguei 1 grau e também -1º, ainnn, mas chega, tá bom de frio. Hoje começa a primavera, mas ainda tá frio. Ainnn não fui, não! É uma boa desculpa pra voltar hahaha Um beijo grande!

  3. Maíra Pinto disse:

    Ah, o Musee du Chocolat fica perto da loja das luminárias de bolinha!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *