28 set 2015
Decoração

Ah se essa rua fosse em minha…

Não consigo descrever muito bem Berlim, foi malzaê. É tão único, tão peculiar e tão bom, que você guarda por dentro, te mexe, de revira e você leva pra sempre. Berlim é arte que pulsa, livre, das ruas, aproveitando os mínimos espaços, o que sobrou deles e o novos que nascem. Berlim ressignifica, te dá um tapa na cara e mostra como você é egoísta e pequeno diante de tudo e se teu coração já é mole, amolece mais ainda. Transpira história, renascimentos, reconstruções e mantém um ar de alegria, simpatia, mistura, de comunhão. É profunda, conhecedora de si, forte… Enfim, Berlim tá no meu coração e desejo muito, muito, muito voltar lá.

8

Mas fui levada a uma rua tão interessante quanto à cidade depois de virar leitora da Ligia Fascioni. Colorida, com cafés e bistrôs despojados, cheios de objetos e móveis reaproveitados, estilosos em meio a sua encantadora simplicidade. A rua é a OderbergerstraBe em Prenzlauerberg. Não tive a sorte de pegá-la Florida, mas mesmo assim é linda.

7

Sacadas roxas e prédio amarelo clarinho.

1

Luminária de potinhos reaproveitados nesta última foto <3

Ah esse letreiro, essas cadeiras, essas luzinhas… E soube que aí vende o um Waffle de babar.

2Há lojinhas e brechós também. E cada um encontra sua maneira interessante de expor e vender.

3Já no final de uma lado da rua, um dos restaurantes e Cafés Huftgold. Cheio de verde e colorido, a parada é obrigatória.

4Alguns móveis como os banquinhos, reaproveitados e pintados. A cor é quase igual ao do meu, lembra? Aí almofadas, tecidos harmonizam e fica tudo mais aconchegante. Flores, vasinhos coloridos…

5O atendimento é ótimo, gente simpática, cheia de sorriso que dá gosto voltar mais vezes. E o cardápio, só de lembrar, salivo. Mas cansei de babar nesse teclado, tá ficando feio já. Comemos um sanduíche de Bagel e um nhoque ao molho de manteira com groselha em fruta, combinação incrível! E o preço é muito bom.

6

Vale passar por lá se você for nesta cidade incrível e inesquecível. Vale muito! Com a lembrança e imagens desse lugar fofo, te deixo meu beijo e meu desejo de uma ótima semana pra gente. Até amanhã!

Eva


2 respostas para “Ah se essa rua fosse em minha…”

  1. Vívian disse:

    Que Massa! Também sou uma baiana apaixonada por Berlim! Cada passo uma inspiração em todos os sentidos… Nada como o verão para nos proporcionar aproveitar melhor locais como estes cafés fofos. Lindo Post! Adoro seu trabalho Eva!

    • Eva Mota disse:

      Pô, Vívian, que delícia mesmo! Berlim é pra sempre, é pra voltar, é pra se apaixonar mesmo <3 Eu desejo muiiiito voltar, muiiito. E justamente isso, que bom que teve sol, bom humor e brilho pra nos acompanhar na passagem por lá. Mulher, mil vezes obrigada pela atenção e carinho! Um beijo grande e um abraço apertado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *