DIY
23 de julho de 2016

Como fazer um nicho com cordão

E ai, gentes? Ó, enquanto sigo aqui com meus estudos e pesquisas em marcenaria, vim compartilhar esse tutorial facinho e lindo! É um dos que vi durante a minha morada em Paris ano passado. Foi desenvolvido pelos designer e autores do L’Atelier des Curiosité que, à convite da Leroy Merlin francesa, saía desenvolvendo oficinas aos clientes. Acompanhei alguns, fiz outros e claro, aprendi um monte. Agora, deixa eu te mostrar este nicho em Pinus que serve como porta-tudo. Os materiais:

1 tábua de Pinus de 1m de comprimento por 20cm de largura

4 parafusos de cerca de 5cm

Cola branca ou para madeira

Lixa ou Lixadeira

Parafusadeira

Serra Tico-tico ou de mão

3m de cordão colorido

Lápis

Verniz em spray

20 de julho de 2016

Como aplicar estêncil em madeira ou como deixar uma peça linda!

Aii que saudade de trazer mais uma móvel repaginado pra cá, gente! Clica aqui no post e deixa eu te mostrar o que fiz desta vez!

31 de maio de 2016

Como fazer um porta livro de cano de PVC

Eu falei bastante pelas redes do blog sobre o curso de empreendedorismo criativo que já fiz e mais que recomendo, o Decola!LAB, lembram? Como parceira do curso, pessoas queridas se inscreveram comigo e a promessa era, além de acompanhamento no curso, um projeto em 3D pra um ambiente e um mimo surpresa feito à mão. Duas meninas lindonas trabalham com esta nossa e querida revolução: a comida. Propõem maneiras muito mais saudáveis e que resgatam nossas raízes na hora de comer. Então claro que o que criaria pras duas seriam mimos ligados a este universo.

A amiga Ju Rolemberg já passou por aqui com receitas ótimas e agora caiu de cabeça no empreendedorismo criativo, segue estudando e se apaixonando ainda mais. Cheias de livros de culinária e leitora ávida, botei em prática um projeto antigo com cano de PVC que vi pela net e tá na hora de compartilhar com vocês: um porta livro com canos de PVC, muito massa! O material, mais uma vez, simples:

8 pedaços de cano de PVC de 3/4 com 10 cm de comprimento

2 pedaços de cano de PVC de 3/4 com 45 cm de comprimento

2 cruzetas

4 joelhos de 45 graus

4 joelhos de 90 graus

Cola para cano

Lixa

Tinta em spray da cor que escolher

27 de maio de 2016

Como fazer um suporte para câmera fotográfica com cano de Pvc

E aí, todo mundo, como vamos?

Já tava aqui no ponto pra postar no início dessa semana os tutorais de projetos super bacanas que tenho feito por aqui. Mas aí, sabe comé, a vida vem lá e PEIIII! Um código, um código miúdo deu uma pane no blog que pra descobrir, demorou. Tudo resolvido, estoy aqui pra te mostrar esse tutorial mais que interessante!

Se já tá por aqui há algum tempo, sabe que já falei que marido também é jornalista como eu e um criativo. É diretor de fotografia no cinema, professor de cinema e realizador. Já já segue pra outra viagem por esse Brasilzão pra filmar outros mundos. Aí tava na maior agonia precisando de um suporte bem específico pra quem trabalha com fotografia e filmagem, o Kit fig/top handle.

Como ele já tinha investido em novo equipamento, lentes, a grana evaporou e nada do suporte. Então, ele buscou alternativas e acabou encontrando este passo-a-passo com canos de pvc pra fazer o suporte. O kit é uma mão na roda, tanto pra quem filma, porque permite muito mais liberdade durante a realização quanto pra quem fotografa, pelo mesmo motivo e ainda a possibilidade de fazer fotos em ângulos mais diferentes. Então, anota aí os materiais. É tudo muito simples

11 de maio de 2016

Transformando uma pecinha em um roupeiro

A possibilidade de criar móveis criativos com peças reaproveitadas ou econômicas me fascina. Sem dúvida é uma das coisas que mais gosto na decoração com a qual trabalho! Ainnn que massa! Ok… ok… se deixar coloco mais exclamações e a empolgação… ah, minha gente, essa vai longe 😀

Resolvi compartilhar esta ideia que reúne reaproveitamento com criação prática de um roupeiro e pensei nas variações também. No tutorial abaixo, uma pecinha tipo nicho com prateleira foi usada para a base do roupeiro. Mas não precisa ser uma igualzinha. Dois caixotes empilhados, dois nichos menores um em cima do outro, até um pequena mesa, ou um pequeno “rack” pra televisão. Adaptar no processo criativo é outro gostoso desafio e faz nascer resultados ainda mais autênticos.

9 de maio de 2016

Como fazer uma mesinha com canos de cobre

Eita saudade, povo meu… Há tempos não vinha aqui com um tutorial do jeito que a gente gosta: criativo, fácil e econômico. Mas vislumbro mudanças lindas e posts mais ainda pra este bloguinho que vos fala. Já te disse há tempos que muita coisa aqui tá mudando, ateliê, sala, cozinha e claro que vai rolar muito passo-a-passo pra compartilhar. Não só daqui de casa, mas das casas dos clientes dos projetos de interiores que tenho feito. Demora, um projeto não nasce da noite pro dia, são diversas fases até ter foto bonitinha pra gente postar. Mas se vocês estão comigo, eu vou bem <3 Antes de ir atualizando e mostrar onde tenho botado a minha mão na massa, traduzi este tutorial de um portal francês que adoro! Então, se tá precisando de mesinha lateral, pra área interna, externa, aquele cantinho que precisa de amor e cor, vem comigo! Vamos aprender como fazer uma mesinha com canos de cobre, ebaa!

1 de março de 2016

Como fazer um cesto para roupas

Entre outras taaaantas coisas, tô por aqui me dividindo entre os projetos de interiores dos clientes, a criação de um novo negócio, os projetos daqui de casa, ou melhor, daqui do apê que agora tá na fase “cozinha”. Ou seja, preciso adquirir dois cérebros, seis mãos, duas novas colunas e mais dez horas pro meu dia. Como tá por aí contigo? Correria também? Isso é bom, confesso. Porque é não estar ocupado e sim produtivo, né não? E é pra colher mais pra frente com muita coisa boa, assim espero.

Daí topei com esta ideia fácil e resolvi compartilhar. Serve pra área de serviço e que também pode ser adaptada pra quartos infantis, banheiros maiores e por aí vai. São cestos para roupas, mais discretos e menores, o que, quem mora em apê pequeno como a gente, muito gosta.

A gente só precisa de um pedaço de madeira cortado em círculo, com o diâmetro que a gente escolher; rede de arame encontrada em casas de materiais de construção ou então de produtos agrícolas, rodízios com parafusos, grampeador de estofador e tecido.

20 de janeiro de 2016

Como fazer um painel de recados com rolhas

A gente estava se despedindo lá em Paris. Era mesmo um dos últimos dias juntos com estes amigos mais que queridos que fizemos por lá. O casal também estava voltando ao Brasil, assim como a gente, com o fim do Doutorado Sanduíche. A gente pra Bahia e eles pra Pelotas. Daí surge uma sacolinha entupida de rolhas que eles não sabiam o que fazer… se deixavam por lá, se jogavam fora, mas essa, definitivamente não era uma boa ideia pra o monte de rolhas de vinhos, espumantes, champanhes que eles beberam ou nós também juntos 😀 Eram uns pedacinhos de ótimas lembranças da vida deles por lá, cada garrafa tinha sido aberta pra algo bom, o que aconteceu com muita frequência no tempo por lá. Ainda bem.

Aí pedi pra mim. Prometi que faria algo e que entregaria aqui no Brasil. Ótimo pretexto pra gente se encontrar. Ou eles subiam pra Bahia ou a gente descia pro Sul. Então, lancei mão das rolhas e de uma moldura de quadro em Mdf. Comecei cortando cada uma na metade com um estilete bem afiado.

18 de janeiro de 2016

Como fazer uma fruteira de parede com cestinhas de bicicleta

Entre as várias ideias que pensava (e de algumas, desistia) pra cozinha mini micro corredor, explorar as paredes definitivamente sempre esteve presente. É uma das opções mais buscadas pra espaços pequenos. Prateleiras, ganchos, nichos, organizadores… e porque não uma fruteira? Vem ver o resto!

11 de janeiro de 2016

21 ideias com tinta spray

Eii gente! Tudo blz por aí? O primeiro post do ano na verdade, vale por 21! A danada da tinta spray é a salvação pra uma galera grande que trabalha com decoração. As variações são muitas e as possibilidades mil! A gente pinta madeira, plástico, ferro, tecido até pedra com este tipo de tinta e o que faz dela tão querida é, entre outras coisas, o acabamento, a facilidade, a secagem já que a camada é bem fininha… Só que o ideal é utilizar a tinta spray em ambientes abertos e usando proteção, máscara e óculos. Ela solta a chamada “nuvem”, uma poeirinha de tinta enquanto a gente usa e mancha bem o que está ao redor. Aqui, infelizmente não tenho espaço, preciso forrar tuuudo até usar, por isso, prefiro pintar peças menores. Outra dica é pintar coisas pequenas dentro de uma caixa, aí a “nuvem” não espalha tanto.

Mas chega de papo e vamos olhar um bocado de ideia massa que juntei por aí e saí agrupando por materiais, ideias enfim… bora lá: