23 de julho de 2014

Como fazer suporte para planta em Macramê

em DIY

“Já sei! Vou pendurar no teto da sala!” Daí lembrei que o teto é de gesso rebaixado e precisa de muito cuidado pra furar. “Ok, então penduro na parede atrás do sofá!!” Lembrei de novo que tenho 3 bichanos amorecos endiabrados que não aguentam ver nada pendurado que pulam. Então eu #shorayyy sem ter muitas opções pra colocar este projetinho de DIY aqui no apê. Como sou moçoila legal, mesmo sofrendo este amargor, vim compartilhar ideias bacanas que encontrei.

A técnica é um tipo de tecelagem manual com linhas grossas, cordões ou cordas e não utiliza agulha, apenas os dedos. Os pontos vão sendo formados por nós e outros trançados. A palavra Macramê, de acordo com a galera que estuda muiiito veio do árabe “migramah” e os relatos sobre sua existência são desde a antiguidade. O que durante o tempo veio sendo utilizado na confecção de tecidos, mantas, redes, apliques, pulseiras e colares, hoje é traduzido para a decoração. Quem aí já não viu os suportes para plantas tão fofinhos? Acho uma gracinha com direito à aperto da bochecha!

Fuçando pela net a gente descobre coisas lindas feitas para sustentar pequenas plantas, principalmente as suculentas, xodós da geral e os mini cactos. Os cordões de algodão são mais utilizados para vasinhos menores e mais leves  e os de náilon, desses que a gente usa em varal, para plantas maiores e mais pesadas.

Ft2

Via Pinterest

Os vasinhos podem ser pequenos, redondos, cestinhas, latas, uma lâmpada velha, copos ou garrafinhas.

ft3 copy

Via Kitiya Palaskas

Se não tiver segurança no cordão que você for usar, olha esta dica: colocar canudinhos de plástico na base e nas laterais pode ficar mais firme.

Via Brit+co

Via Brit+co

O projetinho não é difícil e se errar, basta desfazer o nó. Encontrei este no Skinny la Minx  um site muito bacana escrito pela Heather Moore e traduzi pra compartilhar prazamigues. Primeiro escolha o tipo de cordão e depois disso você deve cortar 4 pedaços com 2 metros de comprimento.

Foto1

Em seguida é só passar pelo anel e quando isso acontece, os 4 cordões se formam 8.Depois junta tudo e faz um nozão.

Foto2

20 cm abaixo do nozão, separa o cordão de 2 em 2 e faz nozinhos.

Foto3

A partir daí, uma dica: é bom pendurar o suporte em algo, uma maçaneta por exemplo pra poder não se perder em tanto nó. Eu, míope e estabanada seria fácil, é nó pra lá, nó pra cá… Então, meça mais 20 cm a partir dos nozinhos e junte um cordão de um com um cordão do outro até fechar o ciclo. A redinha já começa a ficar pronta. Repara na foto:

Foto5

Em seguida só é fazer mais um nozão com todas as pontas. Esta é a base pra segurar o vasinho. Ah e se você usou o cordão de náilon, lembra de queimar rapidamente as pontinhas. E tá pronto!

Foto6

Olha quanta belezura!

ft4

 

Passo1 copy

Assim que achar algum lugar que não corra o risco do teto cair na minha cabeça ou que esteja a salvo dos meus zamuris capetinhas eu mostro aqui, tá bom? Mas se fizer, mostra pra mim?

Bjbj!