09 dez 2013
DIY

Como fazer um Pisca (Para o Natal e para o ano inteiro!)

Eu posso dizer que tô radiante???? Ebaa! Ô, deixa, vai… Há tempos queria fazer este projetinho, mesmo antes do Casa existir. Lembro que vi um PAP parecido num site gringo e vacilei, deixei pra lá (quem souber é só dizer!) Mas o bicho comichão dos piscas vai batendo quando você já tem seu cantinho, você quer brilho pra lá, luz pra cá e nada te segura. Lá na casa de Maria (É minha mãe, viu gente?) desde pequena ajudava a organizar os piscas junto com minha irmã. Quando mãe não tinha grana ou saco pra arrumar a árvore, a gente enchia uma palmeira de piscas e só faltava esturricar a bichinha.

Hoje as luzes fofas viraram itens de decoração, espalhadas por todos os cômodos da casa, da cozinha ao quarto. Cobertas por flores de papel, bolinhas de plástico e…tcharammmm! Bolas de cordão de algodão. Eu adoro essas, mas cadê achar por aqui? Quem tiver o canal aqui na Bahia, divulga? Como não quis mais procurar, agilizei o processo, tratei de fazer e claro, compartilhar! Simbora!

Separa aí: um pisca sem enfeite, cola (de preferência Cascorez), Maizena, vaselina, água morna, bola de soprar nº 6, cordão de algodão (um rolo grande) e tinta spray. Eu aproveitei uma tinta pra vidro que tinha aqui e serviu. Escolhi usar da mesma cor do cordão. Vamo segui…peraí, vaselina e Maizena??? Relaxa que te explico. Vai por mim, serve muito!

Primeiro enchi as bolinhas, mas não até o fim. Sugeri esse número por ser mais fácil de chegar a um tamanho bacana. Deixa de lado. Misture meio litro de cola, com 5 colheres de Maizena e meio copo médio de água morna. É isso aí que dá a liga da coisa. É com essa mistura que o cordão vai encorpar. Não deixa de colocar a Maizena, tá? Depois, vai soltando o cordão nessa mistura até que ele fiquei toooodo embebido, encharcado. Se acabar o cordão, repete a mistura, tá bom? Aí a sequência:

Pisca

Tudo certo até aqui, neamm? Ó, pega de volta as bolinhas e vamo começar uma parte que adoro: lambuza cada uma de vaselina. Te explico. É que isso vai garantir que o cordão não grude para o próximo passo, o de enrolar o cordão embebido na mistura em cada bolinha. Fotenha de novo:

Pisca3

Entenderam? Aí já é meio caminho andado. Enrola dali, enrola de cá… gastei bem que a metade de um rolo de cordão grande. Foi bastante. Fiz isso 25 vezes. Daí, põe pra secar. Melhor que seja de um dia para o outro. Como aqui no 304 o sistema é bruto, pra não dizer, miúdo, acabei fazendo um obra de arte nas janelas. A tela dos meus nenéns felinos super serviram <3 <3

Passo2

Tá vendo essa fotinha aqui em cima? A vaselina te ajuda nessa hora. No outro dia, quando as bolas de cordão secarem, você fura a bolinha de soprar e elas se deslocam fácil. Tira tudo com a ajuda de um palitinho, pinça, tesoura… é fácil de sair. Mas ó, não fica tudo limpinho, fica ainda vaselina e cola grudadas, o que deixa a bola de cordão meio esbranquiçada, por isso a tinta em spray da mesma cor. Ela vai ressaltar a cor original e no meu caso que usei pra vidro, um brilhinho a mais. Se quiser usar com glitter fica uma ahazo também! Sem contar que protege da sujeira e umidade. Mas se for usar tinta acrílica, lembra de depois jogar um verniz por cima, tá bom?

Untitled-2

O que fiz depois, como mostro aqui em cima, foi pegar um pisca simples que tinha com 50 lâmpadas e 4 metros de comprimento. É da G-Light e tem 5 modos de funcionamento. Fui distorcendo os fios com delicadeza pra que os piscas ficassem juntos de dois em dois, pois tinha 50 piscas pra 25 bolinhas, sacaram? Em seguida só é encaixar as lâmpadas num buraco médio da bolinha e lembrar de fechar essa entrada com cola quente. Não dou ponto sem nó, então isso aqui é mais um passo moinntoo necessário. Lembra que você tem aí, metros e metros de cordão encharcado numa mistura que deixa o projeto um pouco pesado, então precisa tá tudo bem firme. A cola quente é mesmo indispensável. E…. tcharammmm!!!! Pronto, babies! O meu ficou do tamanho que queria, médio e quando pensava no projeto, queria assim, neste lugarzinho, nesta posição, uma espécie de ramo que fosse subindo pelas fotos de marido, dando esse efeito. Como falei, não é um pisca levinho, então usei uns pedaços de fita adesiva transparente, coisa pouca, pra ele ficar aí. Tô morta de amor pelo meu Pisca… ai ai…

Untitled-3A ideia é deixar aí até enjoar. Mas xô te dizer que não enjoo fácil?? Hahah Adoro! E cês gostaram, minha genten? Espero de coração que sim! Como sempre, quem fizer me mostra, beleza? Um beijo grande!

 

 

 

 

 

 

 

 


13 respostas para “Como fazer um Pisca (Para o Natal e para o ano inteiro!)”

  1. Lys Freitas disse:

    Amei a idéia!!! Vou fazer um e depois envio uma fotinha…

    Beijosssss

  2. Mateus Monção disse:

    Super fácil, super lindo.

  3. Luiza Oliveira disse:

    Oi fofinha, uma vez fiz umas luminárias de forma parecida com corda de cipó e bolas de soprar, coloquei-as na garagem só que com o vento, chuva e poeira elas ficaram pretinhas da silva, neste caso eu teria se usar o verniz antes de pendurá-las para livrar da poeira e dos fungos que podem atacar por conta da cola e umidade ?

    • Eva Mota disse:

      Oi, Luiza, na mosca! Quando a gente usa verniz ou esmalte sintético, cria aquela camada meio “plástica” e protege bastante, né… E o cipó, por ser de base natural requer ainda mais essa cobertura. No meu caso, não precisei usar verniz porque a tinta spray própria pra vidro já fez as vezes, mas se resolvesse usar a acrílica normal, teria de caprichar num verniz. Se refizer o projeto com cipó, mostra pra mim? Adoro! Um bjo grande, querida!

  4. Aline de Caldas disse:

    Muito lindo e gostoso de ler! Beijo

  5. Ana Claudite Pina Costa disse:

    fazendo!!!!

  6. Giseli disse:

    Ainnnnn mô Deusu que menina má linda gentemmm te amo amiga lindona mtossss parabens prô cê viuuuu? <3

  7. Márcia Marinho disse:

    Lindo! E que cor!!!
    Fiz em formato de ovos de páscoa e enchi de bombons.
    Boas lembranças <3

  8. […] várias árvores pela casa. A ideia é massa e melequenta. Eu adoro! Esta técnica já te mostrei aqui quando fiz os piscas, lembra? Neste caso, monta a estrutura da árvore em papel grosso, reveste com […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *