4 de dezembro de 2013

Do Amor

Em Artes Manuais

Eu tinha um ganchinho de madeira, desses feitos em Minas com flores de metal. Era uma graça. Eu e marido compramos numa viagem à Gramado em 2010. Depois que a gente comprou o apê, ele ficou passeando por cada cômodo. Jogava o dito cujo pra lá, furava uma parede pra cá, cobria tudo de massa corrida e foi muita meleira até que um dia parou no banheiro, junto de um outro gancho branco. É, fia, eu adoro gancho. Se pudesse, em cada quina do apê tinha um.

Entre uma aula de arte outra com minhas ex-vizinhas, as flores roxas viraram multicoloridas, com várias camadas de tintas diferentes: pva, tecido e etc. As meninas garraram amor e coloriram a danada da flor de tudo quanto foi jeito. Quem sou eu pra barrar criança de criar, né? Soltaram a imaginação e na época saíram daqui do 304 até com os cílios coloridos! Seria bem difícil tirar tudo e pintar de branco. Então, fiz cara de cérebro (e pink) até que conheci a String Art, que é essa arte com linhas em madeira formando desenhos ou palavras. A linha não pode ser da fina, tá bom? Decidi fazer também. Inspiração é o que não faltou pela net. Achei estes dois exemplos leennddoss via Pinspire:

quelinda

Russo

Ok. Depois de um inspira dali, inspira de cá, comecei o meu trabalho.

DSCN3105

Peguei um pedaço de lixa de parede (foi mal, não sei o número dela). Depois escolhi a fonte do tamanho certinho pra caber na placa de madeira. Ô fia, mas tu tá ligada na lei de Murphy? Tá tudo de boa, daí quando chega sua vez PAM!!! Dá pau em alguma coisa. Pois bem, impressoras dos 304 sofrem da bendita lei. Tava tudo certo pra imprimir bonitinho e tal, mas na minha vez, a HP deu piti e o jeito foi titia aqui decalcar direto da tela do note. Mas serviu. Cortei cada letrinha e pra garantir um traço certeiro, coloquei fita adesiva atrás de cada uma.

Gancho amor

Daí é só fixar cada letra. Eu ainda risquei à lápis e fiz o contorno de cada uma, pra evitar sair torto. Em seguida,  se apodera do martelo e vai na fé. Mas vai devagar, pois os espaços são pequenos e os pregos também. Se quiser usar um pregador pra ir segurando os pregos enquanto você bate, também funciona, mas no meu caso, o espaço não era suficiente pra isso.

Gancho Amor2 Postar

 

Aí começa a minha parte preferida… claro que requer um tantinho de paciência, mas vai fazendo de boa, relaxando, dá um tempo, volta, num intervalo de algum trabalho… eu fiz, mesmo em meio à loucura do Projeto Final (daqui a duass semanas viro Designer! Eba!!) Ok. Vai fazendo voltas em cada prego, dando a forma que você quiser. No fim, faz um nó pra segurar, viu?

Ganchofinal

 

E aí tá o danado. Gostei demais do resultado e agora tem lugar cativo na suíte do 304. Pois, ninha, se joga na linha e faz o seu! Ah e me mostra, viu? Beijo beijo!