21 jul 2014
Bate-Papo

Hora do Chá – Francine Lacerda

Romantismo e retrô arrematados por um toque artesanal e bem sofisticado. Estes são alguns dos conceitos que penso sobre a convidada da vez. A Fran Lacerda é dona da marca Francine Larcerda – Criações Têxteis e é quem toma um chá comigo hoje. Conheci a Fran por meio da Ju Padilha e foi mais um encontro que valeu muito a pena. Lembra de uma das minhas passagens por Sampa? Então, em uma dessas, depois de um almoço foi a Fran que me levou pra conhecer o Vintage, um café, restaurante e brechó na Vila Madalena lindo de viver. Relembra aqui!

A Fran é uma querida. Publicitária de formação é também Estilista. Gaúcha radicada em São Paulo, cria peças que deixam qualquer mulher mais bonita. Sério, sem pieguices. É que com o corte das suas roupas, impossível não ficar mais feminina, mais bonita, com aquela cintura marcada. Até eu que comi demais e tenho pedido a vida pra devolver além das minhas fantasias, a minha antiga cintura. A Fran além de produzir peças em tecido, crochê e tricô oferece cursos de modelagem e tricô, então, quem tá em Sampa perde tempo não. Você pode encontrar com ela todas as quintas, às 17h em ponto pro 5 o´clock coluna da sua Fanpage baseada no tradicional chá das 5 dos Ingleses onde ela fala sempre de alguma curiosidade ou novidade da cultura da Inglaterra. Acessa o site desta mocinha que parece boneca de revista vintage e aproveita!

Fran1

Ateliê CM: Fran vejo que o Vintage, o Retrô não são apenas estilos de suas criações, mas também um estilo de vida, uma questão bem pessoal. Quando eles entraram em sua vida? Qual a primeira lembrança sobre isso?

Francine Lacerda: Olha, confesso que já passei por vários estilos, estou sempre em transformação, não tenho medo de  mudanças. J Mas eu sempre fui apaixonada pela estética do início dos 1900. Assisti muitos filmes da época, dos mudos aos musicais, adorava tudo aquilo. E acabou que tudo isso se refletia nas minhas criações inconscientemente. Eu adoro cozinhar, costurar, fazer tricô e crochê e receber bem em casa, isso é um pouco um estilo retrô, né?! A minha casa também tem uma decoração meio vintage, meio vovó, mesclado com o contemporâneo. Eu o o Evê meu marido, gostamos muito do estilo clean, minimalista na decoração, nosso apartamento era assim, mas nossos gostos foram mudando, e decidimos mudar para uma casa, que é totalmente vintage e fofa. Ao pesquisar referências para a decoração, vimos que nossos olhos sempre brilhavam com as cores e objetos mais retrô e assim fomos assumindo esse estilo.

Ateliê CM: E como começou a costurar?

Francine Lacerda: Sou formada em Publicidade, mas na faculdade eu percebi que eu gostava mesmo era de moda. Fiz alguns cursos de criação e logo comecei a trabalhar como estilista. Trabalhava com criação e coordenação de coleções, mas sentia falta de pôr a mão na massa. Comprei uma máquina de costura e fui aprendendo sozinha. Comecei fazendo bolsas para mim, logo as amigas começaram a encomendar e acabei abrindo a Francine Lacerda Criações Têxteis. Mas como a minha paixão sempre foi roupas, fui atrás de cursos de modelagem e corte e costura para aprimorara a técnica, e assim em dezembro de 2010 nasceu a marca como ela é hoje.

Fran3

Ateliê CM: Como você adapta o Vintage para nossa cultura e para o nosso clima, por exemplo?

Francine Lacerda: Nunca pensei muito nisso hahaha As minhas criações são inspiradas na estética da época, mas não são réplicas, conversam muito bem com o que acontece agora.

Fran4

Ateliê CM: Creio que o Cinema foi um dos grandes responsáveis pela disseminação da moda.  A sétima arte faz parte das suas criações? Como ela te inspira?

Francine Lacerda: Sim, o cinema sempre gerou um encantamento em mim. E através dele fui encontrando a minha inspiração, o meu caminho. O cinema oferece essa oportunidade de conhecer outras épocas, outros costumes e estéticas muitas vezes esquecidas.

Ateliê CM: Explica um pouquinho como funciona o 5 o’clock? De onde surgiu a ideia?

Francine Lacerda: Uma querida amiga mudou-se recentemente para Londres, cidade que amo demais e acho que tem tudo a ver com o meu estilo, consequentemente com o estilo da marca. A Thaís criou um blog para dar dicas da cidade que ela vai descobrindo aos poucos e assim tive a ideia de unirmos forças, criando conteúdo para o meu público e divulgando o novo blog. E aproveitando o tema da coluna, proponho um look para o passeio sugerido. Tem sido muito legal!

Fran5

 

 

Ateliê CM: Existem desafios em traduzir pra contemporaneidade um estilo que já foi vivido? Ou limites no tempo não existem quando se fala em moda?

Francine Lacerda: Eu acredito que um bom design é atemporal. E um estilo que já foi vivido, tem que evoluir, se fundir com o atual, do contrário vira uma fantasia. Acho que o segredo é trazer elementos das épocas passadas e agregar a vida contemporânea.

Fran10

Ateliê CM: Em sua opinião, quais seriam as maiores dificuldades da criação artesanal?

Francine Lacera: Acho que no Brasil o grande problema é o preconceito com o artesanato. Acredito que esteja mudando, mas ainda tem muita gente que desvaloriza o trabalho artesanal. Na moda ainda existe a questão do status, de consumir produtos, muitas vezes de qualidade inferior, mas que tenham a marca de prestigio. Felizmente tem gente que sabe valorizar um trabalho de qualidade, percebe o carinho, o cuidado com a criação e construção do trabalho feito a mão. E é nesse público que invisto e quero atingir.

Fran6

Fran8

 

Ateliê CM: Quais os planos pra Francine Lacerda – Criações Têxteis?

Francine Lacerda: A grande novidade é que agora dou cursos, ensino  as técnicas que tanto gosto de aplicar no meu trabalho. São oficinas de Tricô e Crochê e um curso de modelagem de roupas femininas. Ensinar é um prazer, ver o desenvolvimento de novas habilidades, e a troca de experiências. Estou muito feliz com esse novo projeto.

Ateliê CM: Obrigada, Fran querida! Volta sempre que quiser!


3 respostas para “Hora do Chá – Francine Lacerda”

  1. Francine Lacerda disse:

    Evaaaaa! Quanto amor e carinho em um post só. Amei!
    Super obrigada pelo convite, é um prazer estar aqui neste seu cantinho tão delícia.

    Beijos

  2. Márcia Marinho disse:

    Mais um momento gostoso de leitura, de conhecer e guardar coisas boas.

    Adorei. Bjssss

  3. Yara Aguilar disse:

    Papo bom!!
    Cada coisa linda de Babar…
    Adorei!
    Beijús!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *