4 de junho de 2015

Pavillon des Canaux – Uma decor de suspirar

em Roda, menina!

Lá no Instagram postei uma foto do lugar há uns tempos e o que vi foi gente pirando junto comigo. Tudo um bando de taradjénh@ por decor, hein? 😀 Já tinha ido a primeira vez com a amiga Talita, a mesma que me indicou o restaurante do Philipe Starck. A Talita mora aqui, então, conhece bem as quebradas. Quebradas liiindas, évribari!

Foi assim que babei  parei no Le Pavillon des Canaux. Um restô barra café montado em um casarão no 19º arrondisement à beira do Canal L’Ourcq.

18

É simplesmente uma delícia, gentes. De fora a gente nem imagina quão arrojado e colorido o projeto de interiores do lugar. Há quem não goste, pois acha que a proposta fortalece a “hipsterização” de Paris. Eu até concordo diante de algumas coisas que tenho visto por aqui, mas não em relação a esta decor. No térreo fica o bar.

2

Aqui a paleta de cores passeia entre o laranja, azul e pitadas de verde. Há três alternativas que amo neste espaço: meia parede cinza feita com tinta em algumas salas, lambri em gesso pintado e piso estampado delimitando espaços no chão. Além disso, despojamento com cadeiras descombinadas. Pra ganhar meu coração de vez, muito, muito reaproveitamento. O tampo de uma peça com gaveta virou mesa.

3

22Ainda no bar, um armário retrô não perdeu a função. Ele faz destaque com a parede azul, incrível de linda.

4

E mais um tampo como mesa.

5

Nas outras salas, mais decor de endoidecer.

8

Olha o resultado desta poltrona! Tem dela em outros locais do Pavillon e sem dúvida foi um dos móveis que mais me deixaram apaixonada. Um cinza discreto com tecido padrão geométrico é muito amóór, meu povo. Eu amo, amo repaginação em peças de madeira grande, pesadas, antigas. Tem gente que se apega e deixa o móvel em madeira natural, que também tem sua beleza, mas o meu gosto escolhe meter a tinta no bicho.

6

Do outro lado, mais lindezas.

7

No andar de cima, quartos, cozinha, banheiro e o escritório da proprietária do restô. Mas antes, se liga na escada.

17

Aqui já entra o amarelo na paleta pra este ambiente em comum, mas nos outros cômodos, cores diferentes. Olha a prateleirinha acima da porta pra aproveitar espaço? E entrando aí nesta porta amarela, uma sala liiinda! Parede pintada, misturando urbano com clássico, como adoro. E olha mais uma poltrona?!

9

21

Virando pro lado esquerdo, a cozinha, aberta mesmo. Entrei aí, peguei prato, talheres e guardanapo. Calma, num fui “osada” não, pode mesmo. Há mesas e cadeiras e também é um espaço pra você tomar umas. Não é a cozinha principal do Pavillon, mas sim a complementar. Mas diz se não é massa? Padrão geométrico por todos os lados, na cerâmica da parede e no chão. E observa que na parede, a cerâmica não vai por todo ambiente, mas só até o móvel e bancadas. Objetos como o relógio e balança remetem ao estilo retrô, mas são equipamentos novos e contemporâneos. Assim como fogão e a desejo de nós todos, a batedeira da Kitchen Aid. A abertura dá pra um dos quartos.

10Ei, tu tá por aí ainda? Num cai no chão não, peraí que tem mais 😀 Os quartos também são feitos pra receber. Você senta na cama, no sofá, na escrivaninha, onde quiser. Este é quase todo num tom “verde antigo” pelo qual eu morro de paixão. Mas em algumas paredes, foi dividido com um amarelo e achei super descolado. E a proposta é mais unissex.

20

11

12O outro quarto é uma delicadeza sem fim. É lindo, todo em rosa antigo, misturando com marrom suave. Tem tule, luzinhas, cama em ferro, bem no estilo “girlie retrô”. Um amor.

19E quando te digo que todos os lugares foram adaptados pra receber gente, são todos mesmo. Um dos mais concorridos é este aí, o banheiro! E te garanto, é confortável!

Pavillon-des-Canaux-Baignoire

14Sem contar na vista <3

15

13

16O projeto do casarão é assinado por uma equipe de arquitetos e designer de interiores franceses. O espaço também é aproveitado pra oficinas de culinária, decor, moda, yoga, enfim, pra um monte de coisa. Neste fim de semana vai rolar um encontro por lá e claro que vou lá, néaam? Tem o site com agenda, caso te interesse e aí segue o endereço:

Le Pavillon des Canaux. 39, Quai de Loire 75019 (Metrô Lumiére linha 5)

Chega de babar por hoje, né? Tô indo ali e já já volto! Beijo, gentchy!