31 de julho de 2014

Pra guardar num potinho

em Bate-Papo

Eu não entendia nadica do que isso significava quando no bom e velho Orkut tinha “Vou te guardar num potinho” como título de uma comunidade. A coisa era meio esquisita quando a gente buscava a descrição da bendita comunidade. Claro, eu, tardia em redes sociais, sempre a última a entrar e primeira sair ficava boiando por tempos. Mas depois entendi o que isso queria dizer. Quando alguém era tão bom, lindo, fofo, do bem deveria ser guardado em um potinho pra conservar tanta coisa boa e sempre que quisesse, a gente poderia ir lá e ter acesso a tudo isso. “Sim fia, mas tu quer guardar quem no potinho?”

Uma pessoa muito querida, mineirinha alegre, fã de cogumelos, uma amiga generosa que este mundo virtual me deu, quem muito me aguenta 😀 e uma fofura de nós todos! Relaxa, minha gente, não vou trancar a menina e deixar geral orfã de fofurice, mas diz se a Zilah não merece um potinho só pra ela? Ok. Ela deve tá rindo de mim agora. Eu deixo, Zi, vai.. <3 Mas esta impressão se confirma quando a gente clica logo de primeira no Dona das Coisinhas, blog onde ela escreve o que sente, pensa, observa, aprende e faz questão de compartilhar. Comigo não foi diferente. Conheci o blog da Zi pela Dani, uma outra queridona, quando esta apresentava o quarto da dona das coisinhas e a máquina Graça. Uma maquininha de costura reformada e pintada de vermelho com azul. Oxe, amor na hora. Adicionei mais um blog fofo na minha barra de favoritos e já foi.

 

DC5

Foto Toda Coisinha

Pra mim a Zi é um grande exemplo e incentivo desses que até então, eu só conhecia de ouvir falar. Alguém que deixou pra trás o que não mais queria e foi construindo aos poucos e com muito trabalho, uma outra vida movida pelo amor puro ao que se propõe a fazer. Gente, vamos pensar como isso é uma atitude quase impossível pra tantas pessoas? O sonho é movido por muito trabalho, esforço, noites mal dormidas, despertares cansados, viagens, estudos, leituras, abdicação, investimento e muito, muito amor pelo que escolheu fazer. Nos últimos anos tudo isso foi para o blog, mas há alguns meses, a atenção da Zi é para mais um desejo concretizado, a tão sonhada lojinha virtual Toda Coisinha. É onde ela espalha mais do seu amor por meio de acessórios, objetos de decor e outros itens delicados, singelos.

 

DC3

Foto Toda Coisinha

“Mas como levar tudo isso além do computador e do mundo virtual? Como ajudar o próximo com o que eu faço?” Com estes e outros questionamentos na caixola, a Zizi deu mais um passo. Um passo muito lindo. Lançou este mês o Desafio Criativo. A ideia é criar durante 30 dias, um produto novo por dia para a Toda Coisinha. Quando este produto for vendido, 30% do valor dele vai para um Fundo de Ações Sociais. O Desafio já começou e vai até o dia 21 de agosto. E o que tem de coisa fofa rolando na lojinha…

 

DC1

Foto Toda Coisinha

DC2

Foto Toda Coisinha

Ao fim do Desafio Criativo uma nova etapa começa. A grana conseguida vai servir pra promover ações solidárias tanto com leitores e clientes, organizando doações de sangue, cadastramento pra doação de medula, ajudar uma instituição que necessite, como também realizar encontros e oficinas de artesanato com mulheres que sofreram algum tipo de violência ou estão em situação de vulnerabilidade social. Estas últimas não serão oficinas profissionalizantes, mas uma troca de experiências e de carinho.

DC6

Imagem Dona das Coisinhas

O Desafio Criativo consegue dar o ponta pé inicial a estas ideias, mas pra que toda esta ação tão singular continue é preciso mais apoio, então a Zizi tem buscado parcerias em Nova Lima – MG onde mora pra que isso siga firme. Vai, diz se não dá vontade de pegar esse treinzin e apertar, apertar bem no Felícia Style? 😀

E o bacana foi uma ajuda importante que a Zi teve nesta fase pra amarrar a ideias. Junto com a Rafaela Cappai da Espaçonave, por meio do Decola! LAB ela enxergou com clareza o que devia ser feito. O curso trata do empreendedorismo criativo e que é possível sim viver daquilo que se ama. Ainda vou ser aluna da Rafaela, ainda vou! Então, acompanha o Desafio Criativo e quem sabe cê não faz algo assim também? Já fui picada pela ideia e tô toda me coçando.

Eu desejo que o Desafio Criativo gere frutos e contamine muita gente com essa vibe boa de amor, carinho e dedicação, pois é nisso que acredito, é disso que gosto. A vida pede amor como matéria-prima. Sei que não dá pra guardar a Zi no potinho, mas carregar no coração dá, ô se dá.

 

DC4

Foto Toda Coisinha