10 de dezembro de 2013

Táqui o meu cartão!

em DIY

” Ainn, não sei…” “Hum… depois eu vejo..” Cara de tanto faz, tanto fez e a desculpa pra mim mesma só aumentava, só disfarçando minha crise de insatisfação. Isso durou teemmmpos até decidir como fazer meu cartão de visita. Tinha umas artes na cabeça, mas não queria nada do jeito que via, sabe? Não por achar ruim, mas por não achar a minha cara. E ficava encucada porque de vez em quando a primeira impressão é a que fica, né? E quando entregasse meu cartão, queria que fosse um pedaço do que gosto, do que vivo, enfim, crise de identidade do cartão de visita.

Até que descobri a Veio na Mala, lojinha linda da Ana e do André lá no Tanlup. Se já gostava de carimbos e papelaria, eles só fizeram aumentar. E a proposta da loja é tão legal quanto o conteúdo. Como o nome diz, os produtos são garimpados em viagens e o que é bacana, eles escolhem e trazem na mala direto pra loja. Daí esquentei a cuca e o que seriam tags pra futuras costuras (É, eu costuro) viraram meus cartões. Escolhi umas tags em papel Kraft, um Twine Cotton vermelho e branco e as minhas favoritas: washi tapes.

Mosaico VM

As Washi  Tapes são fitas adesivas japonesas feitas em papel de arroz ou “Washi”.  Elas são ótimas, já que dá pra escrever por cima e a quantidade de cola é suficiente pra colar a fitinha e descolar sem ficar grudada. Sem falar nos desenhos, ó… cada coisa de ficar dãã:

Mosaico VM1

O que fiz com minhas comprinhas no Veio na Mala foi juntar tudo isso aos carimbos que encomendei aqui mesmo na cidade. Além disso, comprei um furador de coração pra substituir as bolinhas.

Mosaico VM2

Dá um outro post só pra falar do meu amor por corações! Morri aí em cima com uma Washi fofa e voltei só pra te dizer o quanto gosto desse formato. Ó, vivinha da silva, escolhi a mesma fonte base do Casinha. Os serviços viraram carimbos de frente e verso e aí, meus novos cartões! Satisfação que só e xô crise do “Humm.. não sei”. Bj bj!

Mosaico VM3